Onde os arquivos são armazenados no fluig?

O teste realizado tem por objetivo identificar onde o sistema armazena os dados do Fluig com o interesse apenas em entender o comportamento do sistema e facilitar na manutenção e sustentação do sistema.

As ações, SE forem executadas devem ser realizadas apenas em ambientes de testes, qualquer ação é responsabilidade do usuário.

Ao inserir um novo arquivo dentro do GED, chamado fluig.txt obtemos o seguinte resultado.

ged fluig

Ao inserir o arquivo é possível identificar que gerou um identificador, que é localizado no sistema através do código 9.

Busquei o arquivo fluig.txt, através do recurso de pesquisa do windows e retornou o resultado abaixo, com o botão direito “abrir local do arquivo”.

pasta volume fluig

Podemos perceber que o sistema fluig armazena na pasta public – dentro de volume – uma pasta com o mesmo código gerado na tela do GED, no nosso exemplo a pasta 9.

Dentro da pasta 9 o sistema apresenta o número 1000, que significa que é a primeira versão do documento. Cada versão deste mesmo documento é gerado uma nova versão, conforme demonstrado nas imagens abaixo.

pasta volume fluig

pasta volume – fluig

Dentro da pasta 1000 existe um arquivo chamado fluig.txt, dentro da pasta 2000 existe um arquivo também chamado fluig.txt, porém com o texto fluig, dentro do arquivo.

Ao alterar o arquivo diretamente na pasta volume o sistema apresenta a seguinte mensagem:

erro – alteracao arquivo

Banco de Dados

A plataforma controla as alterações que acontecem por fora, provavelmente através da comparação do arquivo hash, no momento da abertura, com aquele salvo no banco de dados, provavelmente o campo que faz este controle é o NUM_CRC.

Os dados do arquivo também estão salvos no banco de dados.

Ao executar a SQL abaixo o sistema o sistema FLUIG acusa que houve uma alteração do documento fora da plataforma.


update documento set NUM_CRC=NUM_CRC+1 WHERE nr_documento=10

Ao executar o comando abaixo o arquivo volta ao padrão.


update documento set NUM_CRC=NUM_CRC-1 WHERE nr_documento=10

Uma forma de contornar a mensagem de aviso é fazer o UPLOAD do arquivo novamente, e em seguida copiar o código de controle que foi gerado, logo atualizar o código do controle do arquivo antigo.

A tabela que armazena os dados do documento é a DOCUMENTO, dentro do banco de dados do FLUIG.

Por lá é possível localizar dados básicos do arquivo como nome e tamanho, além de outros dados.

As pastas que são criadas na plataforma do GED aparentemente não gera novas pastas dentro da pasta VOLUME, porém cria na tabela DOCUMENTOS com a coluna TP_DOCUMENTO = 1.

Se você estiver importando Formulários, ai o artigo continua aqui.

Referências

https://sciencing.com/e-5491586.html

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: